terça-feira, 18 de junho de 2013

P.S.

Estou doida para escrever aqui, mas falei no último post que aquele seria minha última publicação neste blog. Só que eu ainda não consegui fazer um novo...


domingo, 16 de junho de 2013

Então... é isso.

Esta é a última publicação neste blog.

As postagens já publicadas, continuarão aqui. 


Quando e se eu fizer outro, informarei o endereço. 



Obrigada!  Muchas gracias!! Thank you!



sexta-feira, 14 de junho de 2013

Definição







Proust é: Como se...


Eles não param

"Que o sussurrar do vento te leve um beijo carinhoso e eterno e me deixe em seus pensamentos para que a distância não apague em ti minha existência."



quinta-feira, 13 de junho de 2013

Coisas que merecem um texto sobre



Há um tempo atrás, fiz inscrição em um site de relacionamento que se chama Badoo. 


Fiz depois de muita insistência de uma amiga minha que havia encontrado o “amor da vida dela” neste site e coisa e tal. 


Depois da inscrição, fiquei quase um ano sem nem mesmo acessar isto. E sempre recebia notificações de que “fulano quer te conhecer”, “ciclano deixou uma mensagem para você”...  e sempre que eu tentava acessar essa conta, o site informava que para ter acesso às mensagens, eu precisava colocar – pelo menos – uma foto no meu perfil no site. 


De tão interessada que eu estava, nem foto lá no site eu tinha. 


Meses atrás, a curiosidade falou mais alto e coloquei foto no site. 


Acontece que, depois disso, recebo mensagens quase todos os dias. Legal isso! Se não fosse pelo fato de ser cada uma mais estranha que a outra. 


Abaixo, seguem alguns exemplos com a cara semelhante a que eu fiz depois de terminar de ler.




As duas da mesma pessoa:

“Se um dia vc se sentir só... Viaje como vento, navegue como as estrelas chorem como a chuva e se nada disso resolver!!!Simplesmente conte com comigo, sabe pq? Pq eu não sou como o vento que passa... Nem como a chuva que cai.. Nem como as estrelas que somem... Sim como a terra, que esta sempre firme pra te ajudar no que vc precisar.”


“Prometi a Deus que guardaria as pessoas especiais como vc em minha alma e não em meu coração, então ele mim perguntou : pq em sua alma? pq um dia o meu coração ira para de bater, mas aminha alma jamais deixara de existir”









“Nossa!me daria a honra em conhece-la?que tal um contato mais direto entre nós?”







“Comprou meu presente do dia 12????? Sua atenção, de uma mulher bonita charmosa como vc, e olha que são poucas lindas assim como vc, já estaria muito bom viu,... eu ganharia a semana só com um sorriso seu...... Um beijão... do seu fã.”








“boa noite? faz tempo q queria falar com vc.agora foi q eu conseguir. descupe a minha invasao mas é q a tua energia me atraiu muito. vc pode ate pensar q seja papo ,mas te garanto q n é n pois por incrivel q pareça tenho este dom de poder sentir quem sao ou pessoas boas...”





"saber esperar e uma virtude!aceitar,sem questionar que cada coisa tem um tempo certo para acontecer... E ter fé que vc vai me dar oi”







“booooooa noite lindinha,vamos tcr, a tua espera gata”







“posso fazer parte da sua vida?”






Obs.: As coisas não andam bem em Tierras Brasileñas.


quinta-feira, 6 de junho de 2013

If I could fly


"If I could fly
I'd pick you up
I'd take you into the night
And show you a love
Like you've never seen - ever seen"
 
 
 

terça-feira, 4 de junho de 2013

Interagindo

Acho bem legalzinho esta interação que meu corpo tem. Ou melhor, que meus órgãos têm entre si. 

Por exemplo, preciso fazer cirurgia para retirada de cisoS. No plural mesmo. Meus cisos - no plural - estão aqui e não podem ficar mais aqui. Dois estão inflamados e dois serão abortados. Não nasceram ainda, mas não poderão ficar assim.

Meus cisos não podem doer sozinhos, no cantinho deles. Não. Precisa doer as Articulações Têmpora-mandibular,  os ouvidos e a cabeça. 

Se sinto dor na escápula, doem os braços, os ombros e a cabeça. 

Se sinto dor na coluna lombar, doem as pernas. 

Acho bonitinho isso de "não sofro sozinho".





Só que para mim, já chega. 


sábado, 1 de junho de 2013

De grão em grão

Querem ler historinhas que estão escritas no meu caderno Moleskine?



"Ela reclamava que o carro estava sujo. Começou a chover. A chuva era forte e ela disse que, apesar de toda aquela água, o carro não ficaria limpo. Foi neste momento que começou a cair pedras de granizo. 
 - Vai fazer as vezes de bucha. Quer que São Pedro passe cera também?"


"Conversa filosófica de amigas durante o almoço:
- Ser rico deve ser bom!
A outra responde:
- Não deve ser pior que isto que a gente passa todos os dias... "


"- Não sei o porque, mas o senhor do carro ao lado está me olhando com cara feia.
 - Liga não. Para algumas pessoas, cara feia não é opção."


"- Por que você quer todo este fio?
 - Porque é feio partir aquilo que veio inteiro."


"É vontade de não esquecer. Só preciso lembrar o tempo disso."


"Parece fácil, mas não é. Só é fácil depois que já está feito."