terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Richard Marx - Hazard

Estava eu ontem, dirigindo para o meu trabalho quando começou a tocar a música Hazard, de Richard Marx. Há anos que não a escutava.

Pois bem, lembrei que eu, como muitos(e não adianta negarem porque sei que tem um monte de gente nostálgica por aí), já inclusive chorei ouvindo essa música.

Fato é, na época do choro e drama, essa querida blogueira não sabia inglês.

Ontem, prestando atenção na letra e depois "confirmando" a letra na Internet, essa música se tornou exemplo clássico de "Música que amamos... ATÉ SABER O QUE DIZ A LETRA".


___________________


Ayer, estaba en coche a camino de la oficina en cuanto empezó a tocar en la radio la canción Hazard, de Richard Marx. Hace mucho que no la escuchaba.

Pues, recordé que yo, igual a muchos otros(tampoco hace falta que nieguen porque bien sé que hay un montón de gente añorando por ahí), yo ya incluso lloré escuchántola.

Hecho: en la época ésa de drama y lloros, ésa querida bloguera no sabía inglés.

Ayer, fijándome en la letra de la canción y luego "revisando" la letra en la Internet, la canción ésa se conviertió en un clásico ejemplo de "Canciones que amamos.... HASTA QUE APRENDAMOS LO QUE DICE LA LETRA."



2 comentários:

  1. acho que é pra chorar mais ainda.

    a letra é bem interpretativa. pode ser que ela tenha o deixado e ido embora. pode ser que ele tenha a matado mesmo.

    fato é, que pensando numa cidadezinha do nebraska, eu só consigo desenhar um thriller policial com o robert de niro ou com o al pacino como o policial responsável.

    viajei grandão agora até a época em que você chorava ouvindo essa música.

    ResponderExcluir
  2. A letra é horrível, Eder!! Medonha!!!

    Junta a isso a minha decepção ao pensar nas vezes e no tempo em que perdi ouvindo isso, achando que era a coisa mais romântica da face da Terra. Jesus!! Minha juventude foi uma farsa!!! :-(

    Só para ficar informação, choro à toa. Choro até de rir. :-)

    ResponderExcluir

Cuéntame.