terça-feira, 8 de maio de 2012

Aprendizagem


Uma coisa que meus 34 anos de vida me ensinaram sobre mim é que quando fico nervosa com alguma coisa ou com alguém, o melhor é ficar calada durante um longo e bom tempo. 

Porque se quando eu amo não fico à beira do caminho dos sentimentos, quando eu estou mordida de ódio, eu vivo com a mesma intensidade este "vale tenebroso de sombras".

Toda a minha ira se converte em palavras que, geralmente, me fazem arrepender depois e quando já não tem jeito de consertar mais nada. 


Nem sempre é preciso mudar a gente. Às vezes só um pouquinho de auto-conhecimento e resiliência já resolve o problema. 




PS1 - Ficar longe de e-mails.

PS2 - Ficar longe de celulares.

PS3 - O meu teclado quase não sobreviveu a este post.



6 comentários:

  1. Respostas
    1. Pois é. Às vezes é saudável manter distância...

      Bjs

      Excluir
  2. na verdade fui eu que comentei. ch é meu irmão.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, não parece ser um dos seus melhores momentos, Liliane.
    Não esquenta a cabeça senão caspa vira mandiopã!
    Bjs.
    HD

    ResponderExcluir
  4. A gente se adapta, Humberto. :-)

    Bjs

    ResponderExcluir

Cuéntame.