terça-feira, 19 de junho de 2012

Sobre o Eder

Tenho um amigo incrível!!!

Tudo entre nós dois é incrível!!

O jeito como nos (re)conhecemos, as palavras trocadas, a insistência e a persistência de um simples e-mail de bom dia ser quase sempre uma poesia.

A gente se ama. Muito.

Ele já me disse um monte de vezes e eu não tanto assim. Mas, não vou pedir desculpas por isso. É que só eu sei o que acontece aqui dentro. E muitas vezes não sou muito boa com palavras.

Ele é aquele amigo que pelo simples de fato existir, as estrelas perdem aquele brilho frio e faz do céu um lugar, um mundo bonitinho.  

Ele é aquele amigo que é a prova viva de que alma não reconhece distância e se faz presente o tempo inteiro mesmo sem nunca ter estado. 

Ele é aquele que faz a gente rir quando descobre uma estria (e ele mesmo está chorando por isso). 

Ele é aquele amigo que a gente não precisa medir palavras para falar que está em uma puta de uma TPM e que hoje não é dia um dia bom para nada. Nem para poesia. 

Ele é aquele que escreve cartas de próprio punho e faz presentes para enviar junto com as cartas.

Ele é aquele amigo que conta um monte de coisas normais do dia a dia e que para a gente tem a maior relevância do mundo. 

Ele é aquele amigo que a gente acorda esperando ter um e-mail na caixa de entrada. 

Ele é aquele amigo que uma simples frase se torna inspiração.

Ele é aquele amigo que tem exatamente a história perfeita para ele. 

Ele é aquele amigo todas as lágrimas que haviam de ser derramadas até agora.

Ele é aquele amigo que já sorriu todos os sorrisos que deveriam ser vistos até agora.

Ele é aquele amigo que quando a gente acorda no meio da noite, a gente pega o telefone e liga para ele. Em outro Estado. Em outro país, se for preciso. 

Ele é aquele amigo que quando a gente viaja o primeiro presente que compramos é para ele. 

Ele é aquele amigo que já fez um monte de coisas que a gente ainda está tomando coragem para fazer.

Ele é aquele amigo que gosta de um monte de coisas que a gente não gosta. Mas, a gente adora ele por isso.

Ele é aquele amigo que descobre coisas na internet e nos manda tudo que encontra porque buscou tudo isto pensando na gente.

Ele é aquele amigo que dá para ficar conversando uma noite inteira, ir embora sem entender muita coisa (às vezes não fala coisa com coisa) e mesmo assim a gente liga no dia seguinte perguntando se quer almoçar com a gente.

Ele é aquele amigo que o poeta ainda não escreveu.




Sexta-feira passada, dia 15/6 foi aniversário dele. Liguei para ele rapidinho só para desejar um feliz aniversário e felicidades. Foi mais uma convenção social que qualquer outra coisa.

Mas, à noite, no meu cantinho eu rezei, do meu jeito, muito e com todas as minhas forças, desejando que ele encontre tudo o que quer. E que ele seja feliz do jeito dele. E fiz isso com uma sinceridade e verdade que desconhecia em mim.



Eder, se for para seu bem, espero que você tenha tudo o que quiser. 

Seja feliz!! Ou simplesmente SEJA!!!



2 comentários:

  1. obrigado! sei nem o que dizer, fiquei um tanto assim perplexo. posso dizer que te amo mais uma vez. e prometer que eu não vou reclamar do acento no e.

    só desejo que seja lá o que for, sua espera seja recompensada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tirei o acento. rs, rs, rs, rs...

      Também espero.

      Bjs

      Excluir

Cuéntame.