quinta-feira, 18 de junho de 2015

Coisas do Pai XI

Todos os dias quando chego, vou lá no quarto do Pai, dou um beijo e converso com ele um pouco. Até ele se cansar de mim. O que não demora muito. À noite, geralmente, ele não gosta de muita confusão no quarto e na cabeça dele.

Ontem, quando cheguei, fui no quarto dele e perguntei:

- E aí? Tudo bem, Pai? 

- Tudo bom!

- O que o Senhor fez hoje durante o dia?

- Fiquei aqui na cama. Estava muito frio! Fiquei aqui pensando em um monte de coisas boas e ruins.

- Sério? Me fala uma coisa boa que o Senhor ficou pensando.

- Almocei direitinho hoje, tomei suco de laranja e graviola e... dormi.

- Que bom! Agora me fala uma coisa ruim que o Senhor ficou pensando.

Ele esperou... esperou... esperou... por fim, falou:

- Coisa ruim a gente não fala, não. Se coloca pra fora, ela cresce. Fica grande demais pra ser só da gente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cuéntame.