sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Que só dura um dia



Menina branquela.
Menina da janela. 
Menina de bicicleta.
Menina de riso fácil.
Menina séria.
Menina boba.
Menina frágil.
Menina carinhosa.
Infância efémera. 
Menina dependente.
Menina inocente.
Menina de óculos.
Que sempre vê além do óbvio.
Menina fofa.
Que gosta de broa.
Dê-me um beijo.
E um pedaço de queijo.
Fica mais só mais um pouquinho.
Gosto do seu sorriso.
A casa fica vazia na ausência.
A casa sem paredes.
Nem chão.
Nem teto.
Casinha bonitinha.

Um dia é esquecida.
Para no outro ser lembrada.

2 comentários:

  1. nada dura só um dia e um dia é uma eternidade infindável de tempo que dura só um dia.

    ResponderExcluir
  2. É mesmo. Algumas coisas insistem em se fazer eternas.

    ResponderExcluir

Cuéntame.