terça-feira, 7 de julho de 2015

Gentinha

10h30.

O ônibus chega no ponto e para perto de onde estou, nem abriu a porta ainda e um casal atrás de mim, ele mais próximo e ela depois dele, ela o empurrou para me "forçar"  entrar no ônibus e ainda disse: Pede licença e vai, Amor. 

Eu aguardando desembarque de dois idosos virei pra trás e disse:

Aguarde só uns segundos. Os idosos estão descendo. Logo vamos embarcar e o ônibus não vai embora sem nós. Fique tranquila. 

Ele, com muita vergonha disse: Desculpa a minha mulher! Ela é meio apavorada! Quer sair atropelando todo mundo quando o ônibus chega. 

Eu ia ficar calada, mas ela tinha que falar: Ah... eu passo mesmo na frente de todo mundo!

Respondi com toda paciência que Deus me deu - ou seja, nenhuma: Não ter educação já é feio. Achar isso uma coisa boa, é muita falta de decência!




Obrigada, mãe e pai por ter me criado assim! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cuéntame.