quinta-feira, 23 de julho de 2015

Pedaços de cidade

No ponto de ônibus, escuto duas mulheres conversando sobre filmes de amor (ou não). Uma delas comenta sobre um filme que viu que parecia poema de Carlos Drummond de Andrade (achei bonito isso).

- A moça latina do filme tinha raiva de todo mundo de olho puxado porque ela gostava do americano que namorava com a moça chinesa. Só que a moça chinesa largou o americano para ficar com um bonitão latino. Quando a moça latina ficou feliz com isso, o americano ficou com raiva de tudo quanto é tipo de latino porque sua namorada o havia abandonado para ficar com um. 

- Viu como não está fácil para ninguém?! Nem em filme as pessoas estão podendo ser "felizes para sempre" mais...

- Foram sim. A chinesa e o latino. 




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cuéntame.